Sexta-feira, 14 de Outubro de 2005

Aprendemos com o tempo....

Um dia nós aprendemos que amar vale a pena, ainda que após vários cortes feitos no coração, várias feridas na alma.
Aprendemos que apesar da distância, é possível manter a amizade, o amor, a solidariedade...
Que nem sempre grandes gestos são as traduções perfeitas do amor que une as pessoas. Aprendemos que depois de um tempo, pais deixam de ser super heróis e passam a ser o vilão da história e que nesta hora o mais importante é saber perdoa-los, ama-los, entendermos as suas razões.
Com o tempo, a gente se acomoda com a vista da janela e quando resolve se levantar, o sol já se pôs e lua começa a apontar.
Que mudanças são necessárias, dores, sofrimentos igualmente.
Que o perdão é o grande propulsor da vida, muitas vezes é melhor sofrer calado, aceitar, temporariamente uma situação, e ter a sensibilidade para enxergar as coisas que a vida nos revela, até chegar o dia em que toda a dor deve ser revelada, desmascarada, posta em pratos limpos para que nós possamos seguir o nosso caminho novamente livres destas amarras que nos impedem de olhar e caminhar para frente.
Aprendemos que apesar da excitação, da relutância, é necessário largar algumas bagagens pelo caminho para que no dia de amanhã possamos adquirir outras mais leves. Que só o tempo tem o poder de transformar passado em presente, o presente em futuro e o futuro em passado.
Aprendemos que o TEMPO é o Senhor das respostas não dadas num dado momento, é o remédio para aquelas dores que julgamos ser intermináveis ou eternas. Que quando achamos que já chegamos ao fundo do poço, somos tomados por uma força sem precedentes e jogados de volta a terra firme. Renovados, repaginados e mais forte como nunca.
O tempo ensina a importância e a necessidade de um sorriso sincero, de um amigo, de um amor; de um abraço apertado, do silêncio...
Aprendemos que não há alternativa para novas oportunidades senão o “Sim” ou o “Não”. Tudo depende de nossa coragem.
Sabemos que as crianças são seres dotados de pureza e conhecimento que transcende a alma dos adultos, revelando-nos suas sensações, seus traumas, seus sentimentos mais íntimos, portanto, nunca se deve mentir a uma criança.
Aprendemos que conversar com velhos equivale a milhares de leituras de livros de auto ajuda e que cada ruga ali visível, tem uma história para contar, portanto, para que elimina-las?
Com o tempo aprendemos que ser feliz requer o auto conhecimento, a presença de amigos, de um amor, de uma paixão, de um trabalho. Que a ociosidade atrofia o cérebro, reduz a capacidade de percepção do mundo que corre ao nosso redor, empobrece o espírito.
Aprendemos que valores primitivos não se perdem no tempo e são sempre bem vindos. Que um coração vazio, sem amor, sem paixão nos torna frios, insensíveis, egoístas e que sempre vale a pena recomeçar, virar a página e reescrever a nossa trajectória…
Tempo, ah o tempo... tão complexo, tão efémero.. tempo.
Sábado, 1 de Outubro de 2005

DIA 01 DE OUTUBRO DE 2005 - SÁBADO

CÉU POUCO NUBLADO OU LIMPO.
VENTO DE NORTE EM GERAL FRACO (10 A 20 KM/H), TORNANDO-SE A
ESTADO DO MAR
COSTA OCIDENTAL: ONDAS DE NOROESTE COM 2 METROS, AUMENTANDO
PARA 4 METROS.
TEMPERATURA DA ÁGUA DO MAR: 16/18ºC

Há já o desejo de ser parte deste mar e antecipar o momento em que a agua arrefece a face. Ao descer ao longo dos metros que me levam ao fundo, há um mundo que invade, o som tem origem indefinida e de velocidade estonteante, a luz vibra mexe e oscila a cada reflexo e a superfície é algo que se esquece. As cores vestem brilhos de gala e movem-se ao longo de todo o espectro. O aparente vazio depressa esfuma essa ilusão e por todo o lado desponta um espaço de vida. O tempo corre a outro ritmo e o olhar busca obter o máximo que a memoria pode guardar. Há sempre uma forma oculta pronta a ser apreciada….
Um dia feliz para todos os que por aqui passam, alongado no sorriso doce do fim de semana…

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. "OS" de Natal!

. Maria Amélia na Nilton tv...

. Carinho...

. Roteiro da Vida

. A nossa vida...

. TPM virtual

. FELIZ NATAL e um FELIZ AN...

. Finalmente as minhas féri...

. Para pensar

. Ofereço uma rosa

. Um conselho aos jovens

. Um Dia... pode morrer

. Já és livre António... de...

. Uma fábula....

. DE MIM PARA MIM MESMO

.arquivos

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Novembro 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2003

:: Preste atenção ::

dollydeitada.gif



:: Relógios ::






Sonhe ao som da música

que escolhi para ouvir

enquanto está por aqui






:: O meu Club ::


Caixa Postal


Selo do blog


Sonhos e Realidades



:: Quantos amigos já passaram por aqui? ::

dolly loira deitada


.Pesquisar


Blog da Papoila

`*:•. PanQuecaS .•:*´


Blog da Deusa

Deusa da lua


Blogs que visito

A


C

D

E

F

G



J

K


M

N



Q


S

T

U







.favoritos

. .: Out ... :.

.tags

. todas as tags

.favoritos

. .: Out ... :.

blogs SAPO

.subscrever feeds