Segunda-feira, 5 de Julho de 2004

Os Três Coadores...

Olavo foi transferido de projecto. Logo no primeiro dia, para se fazer ao novo chefe, saiu-se com esta:

- Chefe, nem imagina o que me contaram a respeito do Silva. Disseram que ele...

Nem chegou a terminar a frase, e o chefe:

- Espere um pouco, Olavo. O que vai contar já passou pelo crivo dos Três Coadores?

- Coadores? Quais Coadores, Chefe?

- O primeiro, Olavo, é o da VERDADE. Você tem certeza de que esse facto é absolutamente verdade?

- Não. Não tenho. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram. Mas eu acho que... E, novamente, Olavo é interrompido pelo chefe:

- Então a sua história já passou o primeiro coador. Vamos então para o segundo coador que é o da BONDADE. O que você vai-me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito?

- Claro que não! Deus me livre, Chefe! - diz Olavo, assustado.

- Então,- continua o chefe – a sua história passou o segundo coador. Vamos ver o terceiro coador, que é o da NECESSIDADE. Você acha mesmo necessário contar-me esse facto ou mesmo passá-lo adiante?

- Não chefe. Pensando assim, não sobrou nada do que eu iria contar, diz o Olavo, surpreendido.

- Pois é Olavo! Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem estes coadores? – diz o chefe sorrindo e continua:

- Da próxima vez em que surgir um boato por aí, submeta-o ao crivo dos Três Coadores: VERDADE - BONDADE - NECESSIDADE Antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante, porque:

PESSOAS INTELIGENTES FALAM SOBRE IDEIAS... PESSOAS COMUNS FALAM SOBRE COISAS... PESSOAS MESQUINHAS FALAM SOBRE PESSOAS.

publicado por Princesa às 22:00
link do post | Deixe aqui o seu sonho!! | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 02:07
Jorge... adorei o Pssst, parece que senti mesmo tu a chamar-me para vir até aqui...Obigada por tudo, a Diana ficou super feliz com o poema que lhe enviaste... BeijinhosPrincesa
</a>
(mailto:princesa_45@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 02:06
aflores... obrigada por teres passado por aqui espero te ver de novo... E dou-te toda a razão coadores pode existir muitos mas estão todos furados... BeijinhosPrincesa
</a>
(mailto:princesa_45@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 02:04
Paulo acho que chefes deste não existem, e coadores duvido que encontres com uma passagem fina com tanta maldade e inveja que tem por aí... BeijinhosPrincesa
</a>
(mailto:princesa_45@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 01:13
Pssst, passei só para deixar uma beijoka neste dia. 7/7/04 o blog da dianinha está o máximo! Até, xxuuaakk.jorgebond
(http://tounotop.blogs.sapo.pt)
(mailto:januarioassuncao@sapo.pt)
De Anónimo a 6 de Julho de 2004 às 10:11
Passei por aqui...acabei por ficar...um blog simpático, descontraído (com palavras muito sérias)...gostei.
Quanto aos coadores :):) posso dizer que ao fim de 30 anos de profissão é fácil de imaginar a quantidade enorme de histórias de "coadores furados" que presenciei. Parabéns.aflores
(http://omeublog2004.blogs.sapo.pt)
(mailto:amarsf@netcabo.pt)
De Anónimo a 6 de Julho de 2004 às 00:11
Eu quero duas coisas.1º um Chefe desses.2º Uma duzia de coadores iguais para distribuir por algumas pessoas.P.Azevedo
</a>
(mailto:paulo_dazevedo@sapo.pt)

Comentar post