Sexta-feira, 14 de Outubro de 2005

Aprendemos com o tempo....

Um dia nós aprendemos que amar vale a pena, ainda que após vários cortes feitos no coração, várias feridas na alma.
Aprendemos que apesar da distância, é possível manter a amizade, o amor, a solidariedade...
Que nem sempre grandes gestos são as traduções perfeitas do amor que une as pessoas. Aprendemos que depois de um tempo, pais deixam de ser super heróis e passam a ser o vilão da história e que nesta hora o mais importante é saber perdoa-los, ama-los, entendermos as suas razões.
Com o tempo, a gente se acomoda com a vista da janela e quando resolve se levantar, o sol já se pôs e lua começa a apontar.
Que mudanças são necessárias, dores, sofrimentos igualmente.
Que o perdão é o grande propulsor da vida, muitas vezes é melhor sofrer calado, aceitar, temporariamente uma situação, e ter a sensibilidade para enxergar as coisas que a vida nos revela, até chegar o dia em que toda a dor deve ser revelada, desmascarada, posta em pratos limpos para que nós possamos seguir o nosso caminho novamente livres destas amarras que nos impedem de olhar e caminhar para frente.
Aprendemos que apesar da excitação, da relutância, é necessário largar algumas bagagens pelo caminho para que no dia de amanhã possamos adquirir outras mais leves. Que só o tempo tem o poder de transformar passado em presente, o presente em futuro e o futuro em passado.
Aprendemos que o TEMPO é o Senhor das respostas não dadas num dado momento, é o remédio para aquelas dores que julgamos ser intermináveis ou eternas. Que quando achamos que já chegamos ao fundo do poço, somos tomados por uma força sem precedentes e jogados de volta a terra firme. Renovados, repaginados e mais forte como nunca.
O tempo ensina a importância e a necessidade de um sorriso sincero, de um amigo, de um amor; de um abraço apertado, do silêncio...
Aprendemos que não há alternativa para novas oportunidades senão o “Sim” ou o “Não”. Tudo depende de nossa coragem.
Sabemos que as crianças são seres dotados de pureza e conhecimento que transcende a alma dos adultos, revelando-nos suas sensações, seus traumas, seus sentimentos mais íntimos, portanto, nunca se deve mentir a uma criança.
Aprendemos que conversar com velhos equivale a milhares de leituras de livros de auto ajuda e que cada ruga ali visível, tem uma história para contar, portanto, para que elimina-las?
Com o tempo aprendemos que ser feliz requer o auto conhecimento, a presença de amigos, de um amor, de uma paixão, de um trabalho. Que a ociosidade atrofia o cérebro, reduz a capacidade de percepção do mundo que corre ao nosso redor, empobrece o espírito.
Aprendemos que valores primitivos não se perdem no tempo e são sempre bem vindos. Que um coração vazio, sem amor, sem paixão nos torna frios, insensíveis, egoístas e que sempre vale a pena recomeçar, virar a página e reescrever a nossa trajectória…
Tempo, ah o tempo... tão complexo, tão efémero.. tempo.
publicado por Princesa às 15:59
link do post | Deixe aqui o seu sonho!! | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 21:02


Que me venha essa mulher

Que me venha esse mulher
depois de alguma chuva
que me prenda de tarde
em sua teia de veludo
que me fira com os olhos
e me penetre em tudo.

Que me venha essa mulher
com um desejo agreste
com um cheiro de mato
que me prenda de noite
em sua rede de braços
que me perca em seus fios
de algas e sargaços.

Que me venha com força
com gosto de desbravar
que me faça de mata
pra percorrer devagar
que me faça de rio
pra se deixar naufragar.

Que me salve essa mulher
com sua febre de fogo
que me prenda no espaço
de seu passo mais louco.Carlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)
De Anónimo a 17 de Outubro de 2005 às 10:47
Obrigada freddy pela tua visita, podes crer que o tempo é muito melhor que a aspirina mas demora a passar. BeijinhosPrincesa
</a>
(mailto:princesa_45@sapo.pt)
De Anónimo a 15 de Outubro de 2005 às 13:04
Por vezes custa mto a passar mas é mesmo melhor q aspirina...Cura tudo! Beijitos da Zona Franca (http://www.zonafranca.blogspot.com/)Freddy
(http://www.zonafranca.blogspot.com)
(mailto:zfranca@gmail.com)

Comentar post